Saúde e Bem-Estar

As Maiores Causas da Obesidade Infantil

Profissionais do mundo inteiro estão preocupados com o peso das crianças, será que é tão grave assim?

Mas afinal, o que é a obesidade? E por quê ela tem atingido logo as nossas crianças? Seria um descuido dos pais? Dos profissionais de saúde? Da escola? Dos coleguinhas? Confira a Seguir as Principais Causas da Obesidade Infantil…

Causas da Obesidade Infantil

Causas da Obesidade Infantil

Bem, a obesidade infantil tem deixado de ser só uma pauta em livros e virou um caso de saúde pública gravíssimo. Não existe apenas uma resposta para a culpa delas estarem onde estão, mas, existem soluções que devemos tomar o mais rápido possível.

O Que Você Pode Entender Da Obesidade Infantil

A obesidade infantil é quando o índice de massa corporal (IMC) ultrapassa 20%. Quer um exemplo para simplificar, o peso médio de uma 4 anos é de 16kg, para ela ser considerada obesa, ela deve estar acima dos 19kg e assim por diante.

Os quilos a mais podem gerar uma série de doenças que podem levar a problemas crônicos que se não tratadas, podem levar a morte. As doenças geralmente atrapalham muito a qualidade de vida da criança e terão uma responsabilidades para sempre. Hipertensão, diabetes, colesterol alto, e até depressão são doenças.

34% das crianças brasileiras estão acima do peso ou com obesidade, o número é alarmante em comparação.

Existem uma série de fatores que podem levar a uma criança desenvolver obesidade como alimentação, genética, sedentarismo, transtornos psicológicos e medicação. A crianças estão mais dispostas a ficarem doente por conta dos seus sistemas corporais ainda não funcionarem com eficiência e por estarem em desenvolvimento.

As Principais Causas da Obesidade Infantil

Causas da Obesidade Infantil

Má Alimentação

Umas das Principais Causas da Obesidade Infantil é a Má Alimentação…

Um dos fatores mais comuns para o desenvolvimento da obesidade infantil é uma nutrição não adequada. A segunda guerra mundial nos deu de presente os alimentos industrializados, que são de fácil preparação, mas cheio de calorias vazias, isso quer dizer que são pobres em nutrientes.

É cada vez mais raro frutas, verduras, legumes, cereais e carnes estarem presentes nos pratos dos brasileiros e até mundial. A popularização dos fast-foods afastam a saúde alimentar das pessoas. A rapidez da preparação e a facilidade do acesso causam preguiça para investir em alimentos de qualidade nutricional equivalente.

Alguns alimentos atuam de forma diretamente nos receptores cerebrais responsáveis pela sensação de prazer, porém, eles podem causar vício já que a sensação de bem estar passa rápido.

Pesquisas mostram que crianças que não foram amamentadas pelo nos primeiros anos de vida tem mais chances de se tornarem obesas. O aleitamento materno exclusivo até o sexto mês de vida é muito importante.

Sedentarismo

Causas da Obesidade Infantil

Com o avanço das tecnologias por todo mundo, é cada vez mais raros vermos crianças praticando atividades físicas para ocupar seus tempos livres ou indo brincar de pular ou correr. As telas de computadores, notebooks, celulares e televisão tiraram toda vitalidade e energia normais dos pequenos.

São horas a fio sentadas assistindo a desenhos, filmes e vídeos ou mexendo os dedos freneticamente para vencer os jogos dos videogames.

Muitas horas na frente das telinhas pode causar insônia, outro fator determinante para o desenvolvimento do ganho de peso descontrolado, uma vez que o corpo não tem o tempo necessário para descanso. Esse fator influencia bastante no sedentarismo e obesidade dos pequenos…

É importante estimular a prática de atividades e brincadeiras para que a criança não fique acima do peso e aprenda e se socializar, que futuramente pode evitar doenças como agorafobia e sociofobia.

Distúrbios Psicológicos

Os problemas emocionais podem ser um determinante para o ganho de peso desenfreado. Crianças com ansiedade ou transtornos bipolares podem gerar compulsão alimentar e ver a comida como forma de conforto para suas tristezas e problemas. É importante ficar atento aos sinais que são dados pelos pequenos para iniciar a verificação de algo estranho.

Crianças que são excluídas socialmente e que sofrem bullying são propensas a terem compulsão alimentar. Converse sempre com seus filhos e investigue se há algo de errado.

Se necessário, leve-o ao médico.

Leia: Método para Perder Gordura nas Fezes Faz Professora Ser Barrada

Medicamentos

Existem alguns medicamentos como os corticoides podem fazer a criança aumentar o seu peso. Isso de porque o uso prolongado dessa substância altera o metabolismo e afeta o ciclo da glicose no seu sangue, impedindo que essa energia acumulada seja gasta.

Os corticoides também aumentam a fome que você sente no período de uso. Algumas pessoas engordam 4kg em uma semana por conta da extrema fome causada pelo medicamento.

Genética

Filhos de pais obesos têm uma predisposição genética a desenvolverem obesidade. O ambiente familiar onde pais comem mal, os filhos seguirão os mesmos passos. É importante salientar que crianças não nascem com gostos, isso é aprendido. Uma criança não irá pedir por algo que não come.

Ser predisposto geneticamente não é uma sentença, a criança pode não desenvolver obesidade mesmo tendo pais obesos.

Outros Fatores Que Influenciam A Obesidade Infantil

Fatores como pouca renda per capita familiar pode ser outro determinante, uma vez que alimentos mais saudáveis tem um preço menos acessível, o que facilita o consumo de alimentos mais baratos e pouco nutritivos.

Geralmente as famílias com pouca renda moram em comunidades, o que mais uma vez dificulta o acesso à saúde, visto que a prática de exercícios físicos fica limitada em decorrência da ausência de lugares para prática de atividades e muitas vezes, a violência urbana mora ao lado. As crianças não tem segurança para a prática.

Tratamento Para Atingir A Cura da Obesidade Infantil

Causas da Obesidade Infantil

O tratamento da obesidade é relativamente simples na teoria, mas na prática ele pode ser árduo e difícil. Ele consiste basicamente em uma reeducação alimentar e a prática de exercícios físicos.

Porém, deixar de comer uma série de alimentos como iogurtes de copinho, bolachas, chocolates, sorvetes, salgadinhos e doces causa sofrimento e estresse.

Sair do sedentarismo e se acostumar com a prática de exercícios também não é muito agradável. De primeira, as crianças irão torcer o nariz e até chorar, mas, é importante que como mãe ou pai, fazer o que é melhor para seu filho e nesse caso, a saúde está em primeiro lugar. Procure atividades físicas que sejam divertidas como futebol e a natação onde isso possa se tornar um hobbie também.

Já na parte da alimentação, procure plantar com seus filhos se for possível, isso anima as crianças a comerem algo que foi feito por elas. Colorir bem os pratos as faz encarar como algo bonito e apetitoso, invista nas cores para ganhar o estômago.

Sempre leve seus filhos para as consultas ou com o médico pediatra ou com o nutricionista que está acompanhando para que a manutenção da sua saúde esteja sempre em dia.

É importante que a criança retorne a sua saúde para que sua expectativa e qualidade de vida aumentem.

Causas da Obesidade Infantil – Dr. Drauzio Varella Explica (Vídeo)

Gostou do artigo sobre as causas da obesidade infantil? Então leia também:

Um #almoçodedomingo pode ser colorido, saudável e delicioso! #VivaLeve #LineHealthPlan

Uma publicação compartilhada por Line Health Plan Brasil (@linehealthplan) em

Causas da Obesidade Infantil

As Maiores Causas da Obesidade Infantil
5 (100%) 60 votes

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

2 Comentários

  1. Maria Graça disse:

    Muito interessante essa matéria!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.
Importante: Este site faz uso de cookies que podem conter informações de rastreamento sobre os visitantes.